Oi, meu pequeno

Bom dia,

Não esqueci das cartas não, estava sem tempo, curtindo nossas férias, merecidas pra nós dois.
Passeamos na casa das vovós, você (como sempre) espalhando alegria e energia positiva.
Todo dia, ao acordar, você convida quem está a seu lado a deixar aflorar o melhor sentimento desse mundo: o amor. Seu bom dia é samba, jazz, bossa nova e rock and roll.
Minha prece por você, meu pequeno gigante, é que sinta em seu coração, a cada manhã, a certeza de que a vida te espera de braços abertos, para receber suas expectativas, e realiza-las uma a uma.
Todo meu amor,
Mamãe.
image

Para quê.

Logo que seu pai se foi, recebi uma carta linda, presente da sensibilidade de Dr. Marco Aurélio Pifano, entre outros conselhos, me dizia para não me apegar aos Porquês, e sim aos Para que(s).
Pois bem filho, essa carta foi responsável por me “abrir” para a vida novamente, por me trazer a vontade de tudo, inclusive de você.
Desculpe, filho querido, mas durante um tempo daqueles dias sombrios, eu não tinha vontade de nada.
Estamos assistindo “Ps: Eu te amo”. Um filme lindo, veja de novo.
Quem disse para assistirmos foi sua madrinha Keka. O filme conta a história de um jovem casal separado pela morte, triste coincidência com minha vida.
Mas na minha saga, existe você: Pequeno Gigante motivo, para eu ser feliz!
Entre lágrimas, alegria, saudade, dor, tristeza e felicidade, posso garantir: essa vida é incrível.
Eu quero que você tenha orgulho de seus pais, porque soubemos ser felizes filho, fomos muito felizes. Mais do que merecíamos, menos do que precisávamos, o suficiente para sermos inesquecíveis.
Seja muito feliz Alfredo, sempre feliz.
Escute o conselho de sua mãe, que um dia quis “mais para sempre” e a vida respondeu: “já basta”.
Enquanto eu queria a companhia dele, só tinha uma enorme ausência, um vazio que nada preenchia.
Entendi que Amor é segurar a vida, mesmo quando não se consegue soltar a mão de quem você amou.

A-L-E-G-R-I-A

Não passa um dia sequer que eu não me lembre de seu pai. Durante muito tempo eu não o esquecia nem um minuto, hoje, as lembranças me vem do nada: uma frase, um gesto, um cheiro, uma piada, eternizados por nós dois.
Seu pai foi especial para muita gente, e eu tenho orgulho disso. Orgulho sim, incômodo nenhum.
Eu me sinto muito responsável por ajudá-lo a se olhar melhor no espelho. Embora saiba que, no meio do caminho, ele possa ter se valido de outros olhos.
Nada disso diminui em nada o amor que senti, que sinto, e que me engrandece.
Sei do que vivi, eu e seu pai.
A gente reconhece olhares e vozes porque os sente. Mora na sutileza a genuína fidelidade, e a única que interessa é a do amor, sem cobranças.
Não é por acaso que dele só falo coisas boas, apesar de conhecer muito bem suas fraquezas. Do seu pai, meu filho, você só vai ouvir historias engraçadas, alegres e bonitas. Ele era assim.
Talvez por isso seu tempo era curto. Tamanha intensidade de ser, tinha um fim já escrito pelas mãos firmes e suaves do Autor.
Agora, sou mera espectadora de uma historia que começa pra você.
Como uma das personagens principais que fui, posso garantir: durante algumas cenas desse filme vamos derramar muitas lágrimas, esse drama já conheço. Mas ele se encarregou de inserir comédia, o longa que você vai assistir, sobre Bruno Ferreguetti Mendes, é carregado de adrenalina e ALEGRIA.

E se…

Você não tivesse vindo me fazer companhia?
E se você não me ensinasse a deixar a leveza adoçar minhas atitudes?
Não segurasse minha mão com a delicadeza de quem conhece minhas feridas?
E se a sua sensibilidade, não me mostrasse que a saudade nos mata antes, como preço para ser morta?
E se você não me exigisse tanta explicação, não me cobrasse palavras e justificativas que eu jurei nunca mais usar?
E se tua ingenuidade não me dissesse que preciso falar tua língua, ausentando-me do meu próprio corpo?
Teria eu (re)conhecido o amor?

Ah!! Pequeno Gigante Alfredo, você me faz muito bem.
images

Parabéns Acombê

Nasceu o terceiro filho de Tia Lisa Schaper Caldeira: http://acombe.com/
Um projeto desenvolvido por um monte de gente, inclusive tia Sâmara e tio Thiago. Um trabalho lindo, com objetivo incrível de promover oportunidades, com práticas sustentáveis de divulgação de conceitos e produtos, eu sou completamente apaixonada por isso.
O lema é ser conveniente, interligando: “Quem busca – com – Quem faz”.
Trata-se de uma plataforma de comercialização. Diversos produtos garimpados por aí, disponíveis para que as pessoas conheçam a diversidade de matéria-prima e a capacidade de criar das pessoas. Vislumbrando um leque de novos conceitos para atender suas necessidades. Uma grande oportunidade de conhecer o que nosso “Brasil-zão” tem de melhor: a iniciativa do seu povo.
Iniciativa: fazer o que precisa ser feito, resolver problemas ao invés de criá-los ou transferi-los. Essa é a qualidade que diferencia uma pessoa de todas as outras. Hoje, mais do que nunca, se você quiser ter um lugar ao sol, precisa tomar a iniciativa.
Além de promover o intercâmbio entre aquele que produz algo diferenciado, com aquele que busca exatamente a diferenciação, o Acombê incentiva a prática do mais necessário para se viver num mundo bonito, leve e agradável: pequenas ações que mudam tudo.
O foco principal é a capacitação e promoção do pequeno empreendedor. Projetando ao mundo que alguém, em algum lugar que você nunca ouviu falar, produz algo que você sempre buscou, e nunca encontrou.
O Acombê é muito mais do que um marketplace. É uma prática saudável. Uma escolha inteligente para consumo consciente.
Espero que, quando você for grandinho, meu Pequeno, essa idéia tenha sido adotada por todos, assim, teremos a certeza de que estamos no caminho certo para a construção de um mundo melhor para você, e para aqueles que ainda vierem.
Pratique acombê.
banner-pratique-carro